Setor de Automação Industrial busca por profissionais capacitados em eletrônica vagas na área devem crescer 46% até 2025 - Ozora

Setor de Automação Industrial busca por profissionais capacitados em eletrônica vagas na área devem crescer 46% até 2025

 

Até 2025, o número de vagas no setor de Automação deve crescer 46%, segundo o Mapa do Trabalho Industrial do Observatório Nacional da Indústria. No entanto, o profissional da área precisa se preparar para atender às exigências do mercado tecnológico. Ter uma boa base em eletrônica é um diferencial na hora de conquistar uma oportunidade no setor.

“Precisamos de mais profissionais capacitados em eletrônica. A garotada vislumbra o software, mas não dá para falar da informação envolvida na operação sem conhecer o hardware (estrutura física do equipamento). Temos bons profissionais no mercado, mas sem noção do básico em eletrônica, que é o alicerce”,  afirmou Bruno Bueno, CEO da Ozora Soluções em Tecnologia. 

Com a falta de mão de obra especializada em eletrônica, profissionais que participaram da transição do analógico para o digital têm destaque.

“Esse profissional, que tem mais idade e experiência, é tido como um rei, chega a ser disputado pelo mercado, pois ele conseguiu se adaptar. A visão do jovem hoje é apenas digital, mas meu conselho é: faça eletrônica, mesmo que não seja esse seu foco, mesmo que lá na frente vá trabalhar com cyber segurança”, explica o especialista.

Outra dica é que o estudante e os profissionais recém-formados aproveitem as oportunidades de estágio e trainee.

“Na rua da Ozora temos uma ETEC, e dos nossos colaboradores saiu de lá direto para cá. É importante que o jovem esteja disposto a aprender na prática o que viu em sala de aula para construir sua carreira. Recentemente estávamos com vaga aberta para auxiliar técnico”. 

O técnico em eletrônica é o profissional que realiza o desenvolvimento de projetos de sistemas eletrônicos embarcados aplicando tecnologia de circuitos microprocessados e microcontrolados, bem como semicondutores de potência e componentes microeletrônicos. Ele implementa interfaces de automação com comandos eletromecânicos ou controladores lógicos programáveis instalados em sistemas de controle de processos.

O profissional pode atuar em serviços de assistência técnica e manutenção; laboratórios de controle de qualidade e pesquisa; indústria de microcomputadores e equipamentos de comunicações; empresas de serviços de segurança eletrônica, telecomunicações, energia elétrica, saneamento, petróleo e gás; empresas que atuam na fabricação e comercialização de máquinas, equipamentos, componentes elétricos e eletrônicos; microempreendedor na área de serviços e produção eletroeletrônica.

  Veja Mais
Exibindo de 1 a 1 resultados (total: 1)
Tecnologia do Google TradutorTradutor